Notícia

Conferência de Evangelização e Discipulado da UBLA capacita e fortalece lideranças missionárias

Nos dias 02, 03 e 04 de junho aconteceu a Segunda Conferência de Evangelização e Discipulado da União Batista Latino-Americana (UBLA). As transmissões foram disponibilizadas na página oficial do Facebook da UBLA e no Youtube do Multiplique TV e Missões Nacionais. Nestes três dias, pastores e missionários foram capacitados para avançar com o Evangelho.

 

O missionário Armando Martinez, representante da Nicarágua, saudou a todos os Batistas latino-americanos e enfatizou o principal objetivo do encontro é multiplicar discípulos para honra e glória do Senhor. Hector Cisternas, representante do Chile, recitou a passagem de II Timóteo 2.2, que nos desafia a sermos testemunhas do Evangelho de Cristo. Logo após, o pastor Fernando Brandão, diretor de evangelismo da UBLA e diretor da Junta de Missões Nacionais (JMN), falou em nome dos Batistas brasileiros.

 

“Estou muito feliz, muito feliz por esse momento. E esse espírito de evangelização, este espírito de multiplicação que vai da Argentina até o México, os Batistas tem esse sangue, tem esse DNA missionário, de evangelização e de discipulado” - expressou Fernando Brandão.

 

O diretor executivo da Convenção Batista Brasileira, pastor Sócrates Oliveira de Souza, participou da conferência agradecendo a todos os irmãos que oraram pelo restabelecimento de sua saúde durante o adoecimento por COVID-19. Também disse que somos desafiados a compartilhar o Ide de Jesus em nosso continente americano. Completou que não podemos de deixar de olhar os não alcançados.

 

O presidente da Aliança Batista Mundial (BWA), pastor Tomáz Mackey, falou do privilégio em liderar a maior convenção Batista do mundo e participar nesta conferência. Em torno do tema debatido, Tomáz Mackey enfatizou a importância das Igrejas em treinar discípulos para Jesus Cristo.

 

O testemunho da irmã Yan de Acosta, membro da Comissão de Evangelismo da Aliança Batista Mundial, mostrou que no cenário de pandemia, a união entre os irmãos fez toda a diferença. Ainda na experiência da pandemia, lembrou que o uso da tecnologia permitiu que cada lar pudesse ser um altar de adoração a Deus.

 

Em seu país, irmã Yan apresentou as dificuldades do povo hondurenho com os desastres naturais, como o registro de dois furacões. Apesar das tribulações vividas, disse que jamais devemos deixar de testemunhar do evangelho de Cristo.

 

Na primeira participação na Conferência, o pastor venezuelano Elier Romero, diretor executivo da Convenção Nacional Batista da Venezuela, refletiu na mensagem bíblica o questionamento de qual guerra em que estamos enfrentando. De acordo com o pastor, temos que seguir a base de vida do apóstolo Paulo. Estamos sempre lutando numa guerra e revestidos da armadura de Deus poderemos avançar. E finalizou lembrando que devemos brilhar a luz de Jesus neste mundo em trevas.

 

No segundo dia, os missionários Richard Sorrano (Colômbia) e Yani Gutierrez (México), oficializaram a abertura. O pastor Fernando Brandão orou pelos relatos de missionários durante a pandemia da COVID-19. O convidado a ministrar a palavra de Deus foi o pastor Gilberto Gimenez, esposo da missionária Yani Gutierrez.

 

O pastor trouxe o desafio de estarmos firmes na luta espiritual. Gimenez frisou a importância de deixarmos a doutrina intacta, de não cairmos no humanismo. O mensageiro afirmou que andamos na contramão do mundo.

 

No terceiro e último dia, mais uma vez o irmão Armando Martinez (Nicarágua) iniciou os trabalhos da conferência. Através de links disponibilizados no chat, participantes puderam selecionar um dos seis grupos de interesses de oração da Conferência. São eles: evangelização de crianças, discipulado, crescimento, crescimento de Igrejas, mentoria de pastores, Missões e plantações de Igrejas.

 

A transmissão foi dividida com essas salas de orações. A condução dos acessos dos participantes ficou por conta do pastor Diogo Carvallho, gerente de evangelismo de Missões Nacionais. O pastor Jefferson Dantas foi responsável na mediação sobre os resultados dentro da proposta dos seis grupos de interesses. Pastores e missionários tiveram a oportunidade de relatar experiências. Nestes três dias, pastores, missionários e irmãos participantes conseguiram apresentar a mensagem da firmeza em Cristo Jesus para a expansão do evangelho.

 

João Luiz estagiário do Departamento de Comunicação da Convenção Batista Brasileira* 

Supervisionado por Estevão Júlio, jornalista, coordenador de Comunicação da Convenção Batista Brasileira.


 
 

Fotos