Filosofia da Convenção Batista Brasileira - Página 17 PDF  | Imprimir |  E-mail
Índice do Artigo
Filosofia da Convenção Batista Brasileira
Page 2
Page 3
Page 4
Page 5
Page 6
Page 7
Page 8
Page 9
Page 10
Page 11
Page 12
Page 13
Page 14
Page 15
Page 16
Page 17
Page 18
Page 19
Page 20
Page 21
Page 22
Page 23
Page 24
Page 25
Page 26
Page 27
Page 28
Page 29
Page 30
Page 31
Page 32
Page 33
Page 34
Page 35
Page 36
Page 37
Page 38
Page 39
Page 40
Page 41
Todas Páginas

Diretrizes:

4.4.3.1- Estimular as igrejas e as instituições de ensino teológico a promoverem o despertamento da consciência missionária dos crentes, com o objetivo de que se tornem sensíveis ao chamamento do Espírito Santo.

4.4.3.2- Propiciar a formação especial dos vocacionados e, por essa razão, estimular suas instituições de ensino teológico a manterem matérias missionárias em seus currículos e a que ofereçam cursos de especialização e estágios em missões.


4.4.3.3- Apoiar a realização de estudos sobre missões, sua história, realidade, necessidade e metodologias, e a formação acadêmica de missiólogos, objetivando aprofundar e ampliar o conhecimento sobre missões.


4.4.3.4- Estimular o crescimento da liberalidade dos crentes no tocante à dedicação de tempo e talentos à obra missionária bem como a doação de ofertas e recursos financeiros outros para a promoção e sustento da obra missionária.


4.5- Ação Social

A ação social dos batistas brasileiros expressa e busca cumprir os propósitos do reino de Deus32 na sociedade, com o objetivo de propiciar condições para a plena realização da pessoa humana em relação a si mesma, ao próximo, à natureza e a Deus.

Constituem fundamentos da ação social dos batistas brasileiros:

a) O entendimento de que as Escrituras apóiam a posição de que o dever do crente de amar inclui as dimensões sociais bem como as espirituais33;

b) A convicção de que as Escrituras ensinam a responsabilidade social de proteger vidas inocentes e carentes, mas também exorta a que o bem seja feito a todos, principalmente aos domésticos da fé34;

c) A crença de que a ação social desafia os próprios crentes e igrejas batistas a assumirem e viverem sua responsabilidade social, a fim de serem modelos para a sociedade e uma alternativa para o mundo35;

d) A compreensão de que a ação social dos batistas é individual, no sentido da responsabilidade do crente como pessoa, e comunitária, no sentido da responsabilidade da igreja e, em decorrência, da própria Convenção.



 
 
Copyright © 2019 Portal Batista. Todos os direitos reservados.
Rua José Higino 416, Predio 28 - Rio de Janeiro - RJ / CEP 20510-412 / (21) 2157-5557