Filosofia da Convenção Batista Brasileira - Página 13 PDF  | Imprimir |  E-mail
Índice do Artigo
Filosofia da Convenção Batista Brasileira
Page 2
Page 3
Page 4
Page 5
Page 6
Page 7
Page 8
Page 9
Page 10
Page 11
Page 12
Page 13
Page 14
Page 15
Page 16
Page 17
Page 18
Page 19
Page 20
Page 21
Page 22
Page 23
Page 24
Page 25
Page 26
Page 27
Page 28
Page 29
Page 30
Page 31
Page 32
Page 33
Page 34
Page 35
Page 36
Page 37
Page 38
Page 39
Page 40
Page 41
Todas Páginas

4.3- Ministérios

A Bíblia ensina existirem ministérios variados. A Convenção, em conseqüência, incumbe-se em desenvolver programas que confrontem pessoas com a chamada de Deus e as eduquem, treinem e reciclem para que se dediquem a esses ministérios, incentivando as igrejas ao seu aproveitamento.

Diretrizes:

4.3.1- Incentivar as igrejas a:

a) Reconhecerem o valor do ministério pastoral e outros para sua edificação e crescimento;


b) Sustentarem dignamente seus ministérios;


c) Valorizarem o ideal de um ministério de dedicação integral;


d) Manterem bom relacionamento com seus pastores;


e) Preservarem a ética do ministério pastoral e outros ministérios.


4.3.2- Motivar as igrejas para que participem do sustento dos vocacionados, de sua educação, de sua preparação e do seu treinamento prático.


4.3.3- Reconhecer que a vocação é dada por Deus, para o cumprimento de seu propósito eterno na história, ser cumprido pela igreja e que a formação do ministério existe em função da igreja, em face das necessidades do mundo.


4.3.4- Reconhecer o ministério de crente, também chamado para servir na obra cristã, e, por essa razão, incentivar e apoiar programas de ensino, de discipulado e treinamento para sua capacitação em todas as áreas do serviço cristão.



 
 
Copyright © 2019 Portal Batista. Todos os direitos reservados.
Rua José Higino 416, Predio 28 - Rio de Janeiro - RJ / CEP 20510-412 / (21) 2157-5557