CBB e suas Organizações se reúnem em Dia de Oração

31 Mai 2017 0 comment

Decom CBB

No dia 29 de maio, às 12h, a Convenção Batista Brasileira (CBB), junto à Junta de Missões Nacionais (JMN), Junta de Missões Mundiais (JMM)e Juventude Batista Brasileira (JBB), realizou o Dia de Oração pelo Brasil. O evento aconteceu na Capela do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, na Tijuca - RJ.

A proposta veio do pastor Luiz Roberto Silvado, presidente da CBB, que convocou os Batistas brasileiros a orarem pela transformação do Brasil. Ele propôs três desafios: separar o dia 29 de cada mês para orar e jejuar pela Nação; hastear uma bandeira na frente do templo e dedicar um tempo de oração nos cultos para clamar pelo país.


Pastor Sócrates Oliveira de Souza, diretor executivo da CBB, fez a abertura do evento. Ele citou o Salmo 125: “Os que confiam no Senhor serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre”, e com base em II Crônicas 7.14, enfatizou a importância dos cristãos investirem tempo em oração pelo país.

Pastor João Marcos, diretor executivo da Junta de Missões Mundiais, falou sobre a situação econômica do país e trouxe um número preocupante: cerca de 20 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil. Em seguida, pediu para os presentes orarem em duplas pelos desempregados e por aqueles que são mantenedores do trabalho Batista no Brasil.

O pastor Fernando Brandão, diretor executivo de Missões Nacionais, disse que “Estamos em um combate contra o reino das trevas”. Ele chamou algumas pessoas para que representassem alguns dilemas vividos no Brasil, tais como drogas, insegurança, pedofilia, exploração sexual infantil, desigualdade, saúde, ameaças à família, idolatria, inversão de valores, educação, fome, corrupção e desemprego. Esses temas foram motivos de oração, divididos em vários grupos. O pastor ainda lembrou dos estados de Pernambuco e Alagoas, que sofreram com fortes chuvas no mês de maio.


Gilciane Abreu, diretora executiva da JBB, encerrou o encontro dizendo que oque estava acontecendo ali era uma "união violenta", e convocou a todos a fazerem a sua parte em prol do Reino: “Vamos parar de ser comentarista do caos e sermos profetas da esperança”.

No fim da celebração, todos cantaram a música “Bem-aventurado”, de Aline Barros, que diz: “Ouve, ó Deus, nossa oração, Altíssimo. Sara esta Nação. É o clamor da Igreja que Te adora”.

Junte-se conosco em oração. Mobilize a sua Igreja. Juntos, nós podemos mudar a história do Brasil e declarar que “Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor”.

Batistas.com Em busca da excelência